<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d3693296740215960877\x26blogName\x3dultrasuede\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://ultrasuede.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://ultrasuede.blogspot.com/\x26vt\x3d-1190708954497857772', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

30 de outubro de 2008

Fashion Don'ts em sobreposições e texturas @ 11:18

Começo por onde?
O excesso de vermelho da roupa, e de sobreposições indicam o baita frio que devia estar em Londres. O vestido xadrez é lindo, acinturado, bem cortado e a altura no meio da coxa está excelente. Porém, a meia-calça preta pesou um pouco a produção, ela poderia ser menos opaca, ou mesmo uma meia calça azul-royal (eu tenho uma, mais como tenho pernas branquelas, pareço um smurf em plena luz do dia, limito as produções para eventos noturnos apenas).

O casacão vermelho tem um estilo "esportista-escalando-o-everest" e não combinou. Sorry. Perdeu playboy. A textura esportiva não combina com o xadrez delicado do vestido. A solução seria um trench-coat acinturado, e mesmo vermelho (preferiria um tom mais queimado e fechado, para dar um tchans no vestido dentro, não é mesmo? Como o exemplo abaixo que eu peguei na Top Shop (o modelo se cham Wonderland Trench, custa 60 Libras, infelizmente eles não entregam na América Latina)
O sapato da moçoila é aceitavel. Barely. Ela pensou nele combinando as cores: vermelho + branco, mais o azul-marinho de trás do sapato não é o preto da meia calça. Não sou crítica carrasca e acho que azul marinho pode ser usado com o preto. Só que na maioria das vezes resulta numa composição pesada demais, não importanto muito a ocasião. O truque é: quanto mais claro o azul for, menos tons de preto devem ser incorporados, e no caso de um azul quase preto, procure acessórios com brilho (não exagere nas proporções se volumes estiverem involvidos na produção, como por exemplo com batas e vestidinhos de visco-lycra). O sapato teria sido melhor aproveitado se fosse um preto básico. Eu sou adepta do pretinho básico nos pés. Se for um modelo muito bonito, deixa tudo chique e exatamente no seu lugar. Não interfere com a produção de cima e raramente pesa (atenção com os sapatinhos de verniz, eles não são coringas com todas as coisas, prefira os opacos. Uma boa opção é um flat da Melissa, o flocado (como se fosse um pelinho cobrindo sapato de plástico, que custa cerca de R$79,00 e você usa com diversas peças: calças (as skinnis, eu não considero o revival da boca de sino, elas não caem bem para a maioria dos tipos de corpors), bermudinhas justas, shorts, saias (jeans ou mais soltas, rodadas e com pregas) e vestidos (os mais variados tipos!).

A boina foi algo à mais. Uma brincadeira. E não ficou ruim. O azul royal realmente quebrou o excesso de vermelho. Deu um cool bem diferenciado - será que ela quis combinar o azul da boina com o azul do sapato? Se sim, que triste!
O óculos foi a tentativa de deixar a roupa mais vintage. Eu acho que ele é o item mais dispensável depois do casaco. Super substituível por um óculos escuros do tipo grandão mesmo, anos 70 total. Seria uma mistureba mais interessante.

A mistura de peças esportivas com outras delicadas raramente dá certo. Atenha-se a peças com tecidos semelhantes, observando algumas excessões: couro com algodão ou seda, funciona e visco-lycra com tecidos sintéticos (só não exagere nas peças metálicas com bijouterias - muita atenção aqui) funcionam em sobreposições simples: bata ou vestido com cintos, por exemplo.

|
O Ultrasuede fala de cinema também.


"Nunca vi uma versão de Alice em que eu sentisse que toda a obra original foi traduzida na tela. É uma série de aventuras esquisitas, e tentar fazê-las funcionar como filme será interessante", disse Burton ao Sci-Fi Wire. "As histórias [de Alice] são como drogas para menores, sabe?"
Direção: Tim Burton
Roteiro: Linda Woolverton
Elenco: Mia Wasikowska (Alice), Alan Rickman (Lagarta), Helena Bonham Carter (Rainha Vermelha), Christopher Lee, Johnny Depp (Chapeleiro Maluco), Anne Hathaway (Rainha Branca), Michael Sheen, Crispin Glover (Valete de Copas), Eleanor Tomlinson (Fiona Chataway), Matt Lucas

"É um projeto engraçado. A história é obviamente um clássico com imagens icônicas, idéias e pensamentos. Mas mesmo com todas as versões de cinemas, bem, nunca vi uma que tenha me impactado. É sempre uma série de eventos estranhos. Todos os personagens são estranhos e ela somente fica vagando como observadora. O objetivo é tentar fazer um filme cativante onde você pega um pouco da psicologia e tenta trazer um pouco de novidade, mas também manter a natureza clássica de 'Alice'. E, você sabe, fazer isso em 3D encaixa perfeitamente no material. Então estou empolgado em estar fazendo a nova versão, mas também ter os elementos que as pessoas esperam do material.

Vamos aos atores?8D


Anne Hathaway como a Rainha Branca


Helena Bonham Carter como a Rainha Vermelha


Crispin Glover como o Valete de Copas


Alan Rickman como a Lagarta


Johnny Deep como o Chapeleiro Maluco


Matt Lucas como Tweedledee e Tweedledum


Michael Sheen como o Coelho Branco(Atrasado)


Mia Wasikowska como Alice

Eu estou SUPER curiosa com esse filme.Só tem atores dos grandes e sempre foi o sonho do Tim Burton fazer um filme de Alice in Wonderland.Eu sou APAIXONADA pela história,desde pequena,então pode ver:estou contando os segundos dessa produção.
Eu fiquei super feliz com o Johnny Deep fazendo o chapeleiro,apesar de achar que ele ia fazer o Coelho...
anyway ainda tem muitos personagens faltando,me deixando cada vez mais curiosa.
bom,vou indo.

Nena

Marcadores:


|
Ela fritava peixe em uma filial do Fish and Chips em Londres quando foi descoberta, e eu me apaixonei por ela por acaso. Não sou de escolher modelos para uma adoração pessoal, até acho um barato que Gisele Bündchen seja A sensação mundial, mais nenhuma dessas modelos tem o que a Agyness Deyn tem.

Ela já foi loira, morena, ruiva e está loira novamente.
Queridinha do Jean Paul Gaultier, foi escolhida para estrelar a nova campanha de Madame, a sua nova fragância.

Agyness Deyn virou uma modelo ícone, porque, ela não é meramente um cabide. A sua personalidade vende absurdamente e é um bem-bolado alucinante entre: bad girl + rock chic + masculina (sem perder o rebolado!)

Aliás, modelosque possuem traços masculinos, como um queixo saliente, os olhos amendoados (criam expressões fortes) fotografam muito bem e agora, com o revival da moda (a boa parte, não se esqueçam) dos anos 90, ombreras, cortes retos e as cores "sujas", ela se encaixa perfeitamente no perfil dos estilistas.


Estilo: anos 90 + rock acessories (eles são o colorido da roupa, e não são delicados e isso combina perfeitamente com o estilo dela): (fotos by Jak and Jill)









Gostaram do estilo? que peças vocês roubariam?
e as que vocês dispensariam?!
Eu, particularmente, roubaria o all star todo estiloso metálico, dispensaria o sapato pesadão com o vestido amarelo da segunda foto. Pesou um pouco a roupa, mais também não iria substituir por um sapato dourado. É brega. Não façam. Colocaria algum sapato, um pump de verniz preto. Perfect!
By Júlia D'Alkmin.

|
Olá denovo,Nena aqui!
Não falei que a introdução da Júlia ia ser melhor?

Bom,eu estava olhando uns sites de moda pra fazer um post legal,e me deparei com um de Street Fashion londrina.Eu literalmente fiquei horas no site,por que não tinha quase nada decente que eu usaria.Francamente,Robin,eu ouvi dizer que a moda começa em Londres,mas eu achei coisas muito mais interessantes em Munich ou Berlin.

Para ilustrar que eu não estou viajando,vou colocar aqui : OS PIORES looks londrinos x Os melhores.
Se preparem.

O RUIM NATIVO


Desculpe senhor Cool Hunter londrino,mas isso pra mim passa longe de um "lumberjack -cool"Aliás,POR QUE esses mocassins?Me diz,eu to errada em sofrer com esses mocassins,essa leggin e esses cabelos mamãe-não-me-acorde-tão cedo?
Está espalhado por ai,em vários editoriais de revistas super afirmadas,tipo Vogue e Elle,que o Navaho Chic tá super in.
Vocês podem ter certeza que essas peças indígenas estão bem longe do meu guarda roupa.

O RUIM Mistureba



O problema ai está na mistureba sem noção que a mocinha fez.Parece que ela tem uma gavetinha para cada acessório e não sai de casa sem pegar um item de cada gavetinha.Pra quem é mais ligado na moda dos GRANDES,Coco Chanel sempre disse:sempre que foi sair de casa,tire pelo menos um acessório.
As peças individuais em si são boas:eu não sou contra leggins,só precisa saber usar né galere,e os sapatos são uns xuxus.Eu mesma uso flores na cabeça,mas UMA SÓ.Não quero parecer que saí do elenco élfico do novo filme do Senhor dos Anéis.
Aquele lenço deve ter dado certo em alguma época dos anos 80,mas o conjunto inteiro seria ridicularizado até na época mais mistureba da moda.Ai ai,tenho dito.

Só pra não dizer que não falei das flores

London boys rocks,right?Bom,esses London boys são muito freaks pra mim.
Esse primeiro me lembra total o Bowie com essas leather leopard pants e esses sapatos prateados.
E por favor,alguém avisa pro gordinho de botas que não há salvação divina.




Bom,acho que já critiquei demais né?
Também,não é difícil se sentir a fashion diva olhando essas pessoas(principalmente esse gordinho,estol shokads e traumatizada pro resto da vida).No mínimo o que posso dizer que os cool hunters paulistas e de tokyo estão melhores de olho do que os de Londres.Trago na próxima pra vocês.

E pra terminar,uma coisinha curiosa que vi!

Harajuku in London
Que fique claro que eu adoro a moda asiática,não tem problema nenhum se inspirar nela.Eu o faço o tempo todo,e confio que a Ju não me deixaria sair de casa toda xexelenta.
Essas garotas não estão RUINS.Mas foi um xoque achar a tendência Lolita tão DESCARADA nas ruas londrinas.Duas delas não são nem japonesas.





xoxo.Nena

|

.welcome

lalala

.pix.

A elegância de um tecido
natural adicionada a durabilidade.Ultrasuede é um tecido que
não amassa e pode ser levado á máquina de lavar.
É um blog versátil ,e divertido,sobre moda,cinema,música,fotografia e design.
A Original Pix é uma criação multimeios;é a nossa produtora,editora,tudo,que envolva o processo artístico das três criadoras.

Jules.pix

Júlia D´Alkmin:"secretária sexy,propaganda da uninove,intelectual sexy,girl power,cute girl,"expansiva" e pseudo punk." 20. São Paulo-SP..Designer.Fashion producer.Escritora.

Ne.pix.

Helena Medina:"big-hiperative-tiny-shy-noisy-creative-little-girl" 20.São Paulo-SP.Multimeios PUC.Designer.Clothing/Costume Designer/Maker.Cineasta.Fashion Lover.Photographer.Writer


AP.pix.

Anna Paula Tofoli:
"Desenhista (quase sempre), Cineasta (quando pode), Política (nas horas vagas), Fashionista (mentira), Designer (quando quer), Professora (meio período)" 20.São Paulo-SP.Multimeios Puc.

Voldie.pix.

Voldie. Writing.Reading.Movie-watching.Japanese-comics.Japanese-fashion.History.Being-nerd. 18 winters, so far. PUC-multimeios.

twiiter.pix

Nena
Jubs
Anna
Original Pix

.archives


layout.pix